×

Dicas para aumentar as suas vendas em e-commerce

Dicas para aumentar as suas vendas em e-commerce

As lojas online são, na maioria dos casos, a melhor opção para quem procura vender produtos ou serviços, sem a necessidade de uma porta aberta ao público. Além disso, tem inúmeras vantagens: está disponível 24 horas por dia, sem problemas com a localização e na maioria dos casos apresenta preços mais interessantes.

Mas ter uma loja online é complexo! Não é apenas criar a loja, colocar os produtos à venda e esperar que o sucesso bata à porta! O trabalho é contínuo e aumentar as vendas num e-commerce poderá ser uma tarefa mais complicada do que as pessoas imaginam.

Existem estudos que apontam que mais de 50% das lojas online, ou e-commerce, fecham no seu primeiro ano de existência. É certo que os custos são menores e as possibilidades enormes, mas com tanta afluência ao digital, vingar no meio da concorrência poderá ser mais difícil do que espera.

Por isso, em forma de ajuda, vamos aqui mencionar aquelas que consideramos serem as dicas essenciais para quem pretende aumentar o volume de vendas da sua loja online, sabendo que isso também é uma tarefa contínua.

Como aumentar as vendas num e-commerce

Tal como acontece com o tradicional, as típicas lojas físicas, o e-commerce está longe de ser uma tarefa estática! A rapidez e simplicidade com que os utilizadores passam de uma loja para outra na Internet, faz com que seja preciso levar a cabo várias acções e tarefas para quem quer manter uma loja online activa e de sucesso!

É importante fazer a referência que estas dicas que vamos mencionar, requerem um trabalho antecipado, isto é, é necessário oferecer bons produtos e ter uma boa estratégia de marketing de lançamento, antes de pensar em aplicar estas dicas. Por outro lado, aconselhamos que sigam estas dicas continuamente, uma vez que para aproveitar o potencial da web – incluindo redes sociais e mecanismos de procura – é preciso trabalhar todos os dias na sua loja online, de forma direta e indireta.

Simplificar o processo de checkout

Começamos com uma dica básica, provavelmente a mais simples de todas! Simplifiquem, ao máximo, o processo de compra para os utilizadores!

Comecem com as páginas dos produtos, mantenham tudo o mais simples possível, com as informações mais importantes em destaque e com o botão de adicionar ao carrinho bem visível. Já no carrinho de compras, tenham várias opções de pagamento disponíveis (para poderem “agradar” à maioria dos clientes”), definam os valores dos produtos já com o o custo de envio incluído e no checkout apresentem essa vantagem!

Existem vários estudos que comprovam que os clientes têm a tendência a colocar os produtos no carrinho apenas para verem os custos de envio. Quando vêm “Envio Gratuito”, o momento de decisão é muito mais curto e existe maior tendência de compra por impulso. Assim, em vez de terem um produto de 14,99€ + Portes de Envio, optem por 19,99€ + Envio gratuito (valores meramente ilustrativos).

Privilegiem, sempre, o mobile

A tendência mobile não é uma novidade, mas no que diz respeito às lojas online, existem cada vez mais pessoas a comprar usando apenas um telemóvel, principalmente quando estão ao final do dia no seu sofá a descansar depois de um dia de trabalho.

Por isso, privilegiem sempre o mobile na construção e design da vossa loja online. Tenham a certeza que todo o processo de compra é completamente visível e simples, usando apenas um telemóvel, de preferência que não seja preciso um telemóvel topo de gama, assim conseguem chegar a mais pessoas.

Usem uma destas ferramentas para testar a versão mobile da vossa loja online:

          ⁃         Google’s Mobile-Friendly Test (https://search.google.com/test/mobile-friendly)

          ⁃         PageSpeed Insights (https://developers.google.com/speed/pagespeed/insights/)

          ⁃         Hubspot’s Marketing Grader (https://website.grader.com/)

          ⁃         MobileTest.me (http://mobiletest.me/)

Use as redes sociais em seu proveito

As redes sociais são poderosas ferramentas, gratuitas, para uma maior aproximação com o seu público! Obviamente que o alcance de cada uma delas é baixo, de forma orgânica, mas ainda assim não deverá descurar a sua presença nas redes sociais onde o seu público está em maior percentagem.

Use o Facebook e o Instagram, com a opção de loja online directamente nas redes sociais, para simplificar todo o processo e quem sabe chegar a mais pessoas! Crie uma estratégia editorial e faça publicações interessantes regularmente, mostre os bastidores do seu negócio nas Histórias, as pessoas têm tendência a aproximar-se dos negócios que se tornam mais transparentes nas redes sociais.

Use outras redes sociais, como o Pinterest ou o Tik Tok, mas apenas se fizer sentido para o seu e-commerce. O Tik Tok está a começar em Portugal e por isso se tiver uma presença activa por lá, certamente que quando ela se tornar mais famosa, já terá inúmeros seguidores. Por outro lado, o Pinterest é uma excelente ferramenta de depósito de conteúdo interessante. Crie imagens apelativas, use as ferramentas do Pinterest e faça a ligação à sua Loja online, é uma excelente opção para determinados nichos de mercado.

Trabalhe os carrinhos abandonados

Infelizmente os carrinhos abandonados nas lojas online são uma constante! Mas sabe que poderá trabalhar estas vendas perdidas e conseguir recuperar uma grande percentagem destas?

Existem ferramentas de automação de marketing, como o E-Goi ou o Mailchimp, que são capazes de detectar se um cliente faz uma compra mas não chega a proceder ao pagamento da mesma, enviando um e-mail automático ao utilizador.

Deverá usar essa oportunidade para perguntar aos utilizadores se aconteceu alguma coisa, se existe algo em que a sua equipa de vendas pode ajudar para finalizar a compra. Em último recurso, se existir essa margem, poderá oferecer um desconto em percentagem para conseguir recuperar essa venda que estava perdida inicialmente.

Tenha um blog na sua loja online

O marketing de conteúdo é das formas mais eficazes para colocar uma loja online nos primeiros lugares de pesquisa do Google! Todos sabemos que os utilizadores fazem pesquisas no Google quando pretendem adquirir produtos, por isso é importante para as lojas online aparecerem nos primeiros lugares! Além disso, esta é uma forma gratuita de o fazer!

Crie um blog, com conteúdo original, relevante e interessante para o seu público! Responda às perguntas mais comuns, entregue ajudas simples complementares aos seus produtos, peça reviews mais detalhadas dos seus produtos aos clientes, de certeza que vai fazer a diferença na escolha dos clientes. Ter um blog sobre o setor em que se insere mostra que além de perceber do assunto, gosta de ajudar os clientes.

Tenha um atendimento e serviço de pós-venda de excelência

Se pretende distinguir-se da concorrência, faça o que eles não fazem! A maioria das lojas online pretende vender e esquece o cliente no segundo seguinte ao pagamento! Seja diferente, ajude os clientes, mostre que pretende o melhor para eles e vai ver que estes vão não só voltar, como se tornarem autênticos embaixadores da sua marca.

Os clientes, nos dias de hoje, procuram uma excelente experiência durante a sua compra online. Procuram um atendimento personalizado e que faça a diferença no momento da escolha. Tenha um chat online na sua loja online, existem várias opções:

          ⁃         Messenger Chat

          ⁃         Tawk.to

          ⁃         Whatsapp

O serviço de pós-venda, com a indicação do código de tracking da encomenda, por exemplo, é uma excelente forma de ter um contacto directo com o cliente e mostrar a sua atenção para com ele. Disponibilize-se para tirar todas as dúvidas que possa surgir durante esse processo.

Prefira as avaliações aos produtos, face aos reviews nas redes sociais

A tendência para pedir feedbacks e reviews aos seus produtos nas redes sociais é enorme, no entanto, devem privilegiar as avaliações aos produtos directamente nas lojas online, pois esse é um favor de decisão por parte do Google no momento do ranking.

Fortaleça esse sentido por parte dos seus clientes, oferecendo por exemplo, um cupão de desconto para aqueles que deixarem uma avaliação no produto adquirido, desde que seja uma avaliação fundamentada!

Cross Selling e Up-Selling

Estas duas técnicas são muito comuns no e-commerce, no entanto é importante saber exactamente como as trabalhar, caso contrário o resultado será inverso ao pretendido.

No up-selling o principal objetivo é oferecer aos clientes um produto mais caro ou com maior margem, para tentar obter um maior lucro. Este tipo de estratégia é muito comum quando existem produtos, com dimensões diferentes, por exemplo, levando o cliente a adquirir o produto maior, mais caro, na expectativa que ele perceba que a longo prazo poderá ter mais vantagem.

Já no cross-selling o objetivo é adicionar um produto aquele que o cliente já tinha intenção de comprar. Por exemplo, se a sua loja for de roupa, poderá sugerir ao cliente uma bolsa ou outra peça de roupa para combinar com a peça já escolhida, mas isto só funciona se apresentar produtos relacionados.

As plataformas de lojas online mais populares já têm estas opções incorporadas, só precisa de as configurar para vender mais.

Publicidade e Remarketing

Deixamos este ponto para o final pois para quem quer aumentar as vendas de um ecommerce, este é provavelmente o ponto mais importante de todos.

Através de uma campanha de remarketing, um utilizador que já tenha tido contacto com a vossa loja online, será impactado com publicidade direcionada nas redes sociais e motores de busca. Este tipo de publicidade é a mais económica de sempre, uma vez que o seu público já o conhece, é o chamado público quente.

O Facebook é provavelmente uma das plataformas mais conhecidas para o fazer, através do Facebook Exchange, onde coloca as informações dos seus utilizadores ao serviço das marcas, permitindo que estas criem campanhas segmentadas para os utilizadores que entram nas lojas online.

Assim, aconselhamos que determine um budget mensal para campanhas de publicidade nas redes sociais e motores de busca, para não só divulgar a sua marca para quem não a conhece ainda, como também para atingir o seu público quente.

Etiquetas:, , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.